Freestyle

7 dicas que irá fazer você ser encontrado pelos recrutadores no LinkedIn

Primeiramente se você é daqueles que só dá atenção ao Facebook, cuidado, você pode ficar fora do mercado. A rede social Linkedin está cada dia mais forte no Brasil, e manter um perfil ativo nele pode lhe render bons frutos.

De acordo com a conceituada autora de best sellers de gestão e contribuinte da CNBC, Suzy Welch, muitos profissionais atualizam seus perfis do LinkedIn somente quando estão procurando ativamente um emprego, e ela afirma que isso é um erro.

Saiba que os recrutadores estão constantemente visitando a rede social e extraindo 467 milhões de perfis do LinkedIn para identificar os principais candidatos. Ter um perfil na rede corporativa pode ser essencial para a sua carreira e se você não tem, pode significar que você está perdendo oportunidades de trabalho.

Suzy Welch deu a algumas dicas para maximizar o seu perfil e atrair a atenção dos recrutadores:

1. Preencha a seção de Resumo

A seção de resumo no LinkedIn é um ótimo lugar para mostrar suas conquistas e objetivos profissionais. Na verdade, os recrutadores consideram ela a seção mais importante do seu perfil.

“Use-o como uma oportunidade para falar sobre sua experiência, motivações, interesses e habilidades”, diz Welch.

2. Coloque uma boa foto

De acordo com LinkedIn, perfis que incluem uma foto tem 21 vezes mais probabilidades de ser visto do que aqueles sem foto. Eles também têm nove vezes mais chances de receber solicitações de conexão.

Opte por uma foto profissional e lisonjeira que melhor o represente. Lembre-se que aqui não é o Facebook, cuidado com as fotos mal cortadas, de baixa resolução, ou incluir outra pessoa (ou seu animal de estimação).

3. Adicione sua localização

Ao adicionar sua cidade ou área metropolitana para o seu perfil, você vai aumentar suas chances de ser visto em 23 vezes, de acordo com o LinkedIn.

“Recrutadores filtram perfis por localidades”, diz Welch. “Deixar de colocar a sua localização faz você ficar de fora da corrida para um monte de oportunidades de trabalho.”

4. Adicione dados sobre sua formação educacional

Parece óbvio demais, mas acredite, muitas pessoas não fazem isso. Ao adicionar sua faculdade ou escola, gerentes de contratação e antigos colegas são mais propensos a encontrá-lo em pesquisas. Na verdade, perfis com campos de educação concluída recebem 17 vezes mais mensagens de recrutadores, segundo o LinkedIn.

5. Especifique locais de trabalho

A cada semana, mais de 300.000 pessoas pesquisam perfis no LinkedIn por localidade de trabalho, diz a empresa.

Listando o local em que você trabalha, ou a que você gostaria de trabalhar, te ajuda a aparecer nessas pesquisas de recrutadores. Ele também ajuda o LinkedIn a conectá-lo com as listas de trabalho corretas, eventos e artigos de tendências.

6. Atualize seu trabalho atual

Ter uma posição desatualizada em sua página de perfil do LinkedIn parece ruim para os recrutadores. Eles podem pensar que porque você não atualizou, você não está ativo no site e não iria retornar sua mensagem, ou até mesmo pensar que você não leva a sério a sua presença profissional on-line.

7. Não se esqueça de adicionar suas habilidades.

Não pense nas habilidades em termos estritamente técnicos, sugere Suzy Welch. Se você tem grande poder de negociação ou fala bem em público, liste-os em seu perfil.

Muitos empregadores estão procurando pessoas com habilidades diversas, por isso lista-las é bastante valido. De acordo com LinkedIn, você deve incluir cinco ou mais habilidades para mostrar seus diferentes talentos.

Load More In Freestyle

Deixe uma resposta

About me


Oi, meu nome é Yuri Novaes e acredito que o empreendedorismo pode transformar não só o mundo em um lugar melhor, mas também a sua vida para melhor!

#HardWork

Pesquisar

Instagram

[instagram-feed num=9 cols=3]